Monday, May 14, 2012

carinho no rosto


quero a tua mudez
teu riso leve e frouxo
e as plantas que insistes aguar todas as manhãs.
quero as manhãs mornas ao seu lado
com pouco ou nenhum som.

quero teus cadernos preferidos do jornal
tua escova de dentes no banheiro
e teus fios de cabelo no chão.

não te quero perto senão quando te quero
pouco mais que três vezes na semana
quando te quero plena, inteira e entregue
sob a luz da janela que escolheres.

4 comments:

Aline said...

a serenidade é tanta que esmaga. muito lindo!

Marlise said...

Gostoso de ler, de sentir, de querer!!!

poemismo said...

quero teus cadernos preferidos do jornal.
quero teus cadernos preferidos do jornal.
quero teus cadernos preferidos do jornal.
quero teus cadernos preferidos do jornal.
quero teus cadernos preferidos do jornal.

dá pra fazer um poema desse único verso
de tão poético e preciso
e ele nem é o melhor daí

°°Bella°° said...

hãn.....

chica, chica!
me encanta!